CRA-RS Entrevista: Vice-presidente institucional, Adm. João Alberto Gonçalves Junior

 CRA-RS Entrevista: Vice-presidente institucional, Adm. João Alberto Gonçalves Junior

Desde janeiro de 2017, o Administrador João Alberto Gonçalves Junior exerce a função de vice-presidente institucional do Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul (CRA-RS). Em entrevista, João destaca os desafios e conquistas neste período, avaliando as melhorias e ações que ainda estão em andamento ou serão desenvolvidas na nova gestão da autarquia.

Confira:

Qual o principal papel e atribuições da vice-presidência institucional do CRA-RS?

Dentre as competências do vice-presidente institucional está a elaboração do programa de trabalho, integrando-o ao plano de trabalho do Conselho, principalmente no que diz respeito às Câmaras Setoriais, Seccionais, Postos Avançados, Delegados Regionais e representantes do CRA-RS nas Instituições de Ensino Superior, além da articulação junto a outras instituições e órgãos. Além disso, tem como incumbência elaborar resoluções, avisos e demais expedientes de deliberação do Plenário e da diretoria da autarquia.

Como avalias esse período e quais os principais desafios enfrentados até agora?

Desde os primeiros meses foram muitos desafios, sobretudo em função de que, naquele ano, quando planejamos as ações para os quatro anos seguintes, trabalhamos em prol da abertura do CRA-RS a todos, evidenciando a importância da profissão para o desenvolvimento econômico e financeiro das organizações e instituições, além de buscarmos a devida visibilidade e valorização do profissional de Administração. Assim, o fortalecimento das esferas representantes nas diversas ramificações atinentes à Administração se fez e ainda se faz necessário. Não só a pasta institucional, mas a diretoria como um todo, composta por entusiastas da profissão, tem se entregue sobremaneira para que este fortalecimento aconteça e, principalmente, para que os profissionais percebam esse movimento, bem como o mercado de trabalho. 

Quais as principais ações realizadas nos últimos anos?

Acredito que a grande vitória no início desta caminhada tenha sido a manutenção das oito Câmaras Setoriais - Câmara de Ensino, Câmara de Gestão Pública, Câmara de Administração de Saúde, Câmara de Jovens Administradores, Câmara de Responsabilidade Social e Sustentabilidade, Câmara de Relações Internacionais, Câmara de Gestão em Tecnologia e Inovação, Câmara de Mediação e Arbitragem e, incorporadas no ano de 2020, a Câmara de Micro e Pequenas Empresas e a Câmara Especial do Agronegócio.

Essas Câmaras são órgãos auxiliares que têm por finalidade assessorar a diretoria e o Plenário no que diz respeito ao estudo e ao aperfeiçoamento técnico, científico e cultural no âmbito das respectivas áreas de atuação. Além disso, elas aproximam os profissionais e futuros profissionais à Ciência da Administração, sendo de suma importância para a contínua evolução do conhecimento.

Outra grande ação foi potencializar a interiorização das ações do nosso Conselho. Para isso, passamos a ter 18 regionais no estado, quase o dobro de antes, com Delegados atuantes e melhor articulados e alinhados, com objetivos claros e proposições de trabalho de acordo com as peculiaridades de cada região. Sem dúvidas, essas ações contribuíram muito para as atividades do CRA-RS, principalmente na conscientização do mercado e dos próprios profissionais sobre a importância da Administração profissionalizada e seus impactos diretos na economia e no desenvolvimento social.     

O que podemos esperar nesta nova gestão? O que representa esta continuidade do trabalho que vem sendo realizado?

Nesses quatro anos de gestão, do muito que se fez, posso dizer com convicção que preparamos melhor os ambientes de trabalho, a gestão e a cultura do CRA-RS, o que tem nos proporcionado ações efetivas e mais estruturadas. Temos uma grande equipe! A Diretoria, junto aos demais conselheiros, tem energia e vontade para fazer cada vez melhor. Temos colaboradores que amam o que fazem e corroboram para que as melhores práticas de fato ocorram em todas as atividades, buscando atender os anseios não só dos profissionais da Administração, mas também da sociedade.

As Câmaras Especiais têm autonomia e estão fortalecidas para interagir cada vez mais e melhor com as instituições, organizações e sociedade. Os Delegados Regionais estão buscando interações mais propositivas em suas respectivas regiões. Os representantes do CRA-RS nas Instituições de Ensino estão realizando trabalhos pautados na conscientização dos futuros profissionais sobre as responsabilidades de uma gestão profissionalizada, que ocorre quando essa é exercida por um profissional da Administração.

Tudo isso só é possível em função da confiança que nos foi depositada para que as ações continuassem com os mesmos propósitos, quando nos permitiram mais quatro anos de gestão, enquanto conselheiros, e dois anos nesta diretoria. É com este entusiasmo e alicerçados por toda essa estrutura supracitada, que vamos superar todos os desafios, que já eram enormes e se potencializaram com a pandemia, altivos e fortalecidos, contribuindo diretamente para uma sociedade melhor amparada e atendida e para um cenário econômico propício e que potencialize esse movimento.