Na última semana, foi publicada a Portaria n.º 47, a qual formalizou a constituição da Comissão Especial ADM Mulher pelas profissionais de Administração do Sistema de Conselhos Federal e Regionais de Administração (CFA/CRAs). A iniciativa será coordenada pela conselheira federal Adm. Cláudia de Salles Stadtlober e contará com a participação da conselheira e vice-presidente de relações externas do CRA-RS, Adm Helenice Rodrigues Reis, com a finalidade de planejar, organizar e adotar providências relativas ao projeto ADM Mulher.

“Nossa intenção é conseguir fortalecer, valorizar e ampliar a presença das profissionais de Administração no Sistema CFA/CRAs e, principalmente, na sociedade. Vamos desenvolver ações de capacitação e conhecimento para que elas tenham mais representatividade e atuação em todos os espaços”, explicou Cláudia.

As integrantes do grupo ADM Mulher também se reuniram para discutir temas voltados ao fortalecimento feminino na área da Administração. No encontro, elas apresentaram o Manual de Orientação para criação do ADM Mulher nas regionais. O material tem 20 páginas com orientações e modelos de documentação necessários para formar um CRA Mulher. A cartilha apoiou-se nos objetivos da Carta de Palmas, documento que contempla as ações a serem realizadas em 2020, criada na segunda fase do II Fórum das Profissionais de Administração, em 2019.

Além disso, foi definida a data do primeiro evento digital do grupo. No dia 14 de setembro, às 16h, as participantes realizarão uma live para o lançamento nacional da comissão, explicando a proposta e os objetivos do projeto ADM Mulher.

Comitê CRA-RS Mulher

Conselheiras e delegadas do CRA-RS também se reuniram nesta sexta-feira, 11 de setembro. Coordenado pela conselheira e vice-presidente financeira, Adm. Izabel Cristine Lopes, o evento teve por objetivo alinhar as próximas ações do Comitê e debater sobre o movimento nacional que será lançado dia 14.

A conselheira federal, Adm. Claudia Stadtlober, aproveitou para relembrar os avanços que ocorreram nos últimos anos e que permitiram com que mais administradoras pudessem estar na linha de frente da autarquia. “Queremos mostrar nossa força para conquistarmos cada vez mais espaços a nível nacional e estadual”, reforçou.

Também participou do encontro virtual, a administradora Francine de Oliveira Guerra, uma das quatro mulheres da história a ser agraciada com o Prêmio Mérito em Administração. Agraciada em 2017 na categoria Setor Público, a administradora relembrou sua trajetória na vida pública e também o quanto as práticas administrativas são importantes dentro das diretorias de governo. “Tornar o setor público mais eficiente é um desafio constante para nós administradores”, destacou.