Evento do Mês da Mulher Profissional da Administração do CRA-RS aborda a resiliência feminina

 Evento do Mês da Mulher Profissional da Administração do CRA-RS aborda a resiliência feminina

Resiliência e mulher são duas palavras que caminham juntas. E foi esse o assunto de mais um evento do Mês da Mulher Profissional da Área de Administração do Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul (CRA-RS). Organizado pelo CRA-RS Mulher - Planalto, o painel reuniu, na última quarta-feira, 17, diferentes mulheres para compartilharem suas histórias de força e superação das adversidades.

A Adm. Odete Marcante Alves contou sua trajetória de autoconhecimento na tentativa de se encontrar profissionalmente e conquistar uma vida melhor. Na companhia da família, Odete mudou-se para Marau e inúmeras situações inesperadas apareceram: engravidou do terceiro filho, seu marido foi diagnosticado com um problema de saúde e as contas aumentaram. “Naquele período de tantas incertezas, só tive a certeza que os obstáculos não podem ser mais fortes do que a nossa vontade de mudar”, afirma.

Já a Adm. Edite Zatta falou sobre a experiência de se tornar empreendedora. Segundo ela, apesar da sua formação em Administração, abrir o próprio negócio após uma demissão foi um processo de resiliência em um momento tão decisivo. “Desenvolvi a missão, a visão e os valores da empresa, analisei indicadores, fiz o planejamento estratégico e, mesmo assim, levei um ano para emitir a primeira nota fiscal”, lembra.

Voltar a estudar foi a principal ferramenta de Edite para o sucesso. “A gente nunca sabe tudo sobre gerir um negócio próprio, é preciso olhar para a teoria e também para o que os outros empreendedores estão fazendo.” E aconselha: “Empreender é um desafio que eu indico para todo mundo, nem que seja uma semana vendendo pipoca, mas vai trazer muitos ensinamentos”.